Wednesday , 27 August 2014
Novidades

Como criar uma empresa sem dinheiro

Ainda recebo muitos e-mails falando sobre a falta de dinheiro para empreender, coisa que abala e entristece a maioria dos empreendedores cheios de grandes idéias. Eu vejo esse problema pelo seguinte ângulo: os pré-empreendedores não querem pensar pequeno e começar com algo simples, eles querem ganhar um milhão sem nunca terem ganho mil reais. Muita atenção que, quando digo para pensar pequeno, não estou afirmando para cultivarmos uma visão pequena do nosso negócio, tampouco o ideal para o qual ele serve e sim cultivar uma visão ampla e grandiosa, estabelecendo marcos pequenos ao longo do processo onde você posso obter algum tipo de lucro para investir no próprio negócio e passar para ao próximo estágio. Comprovei mais uma vez isto com este site e demonstro abaixo um caso real de um negócio totalmente online e sem qualquer investimento externo.

1. COMECE COM UM IDEAL E COM UMA VISÃO AMPLA

Desejo que cada uma das pessoas empreendedoras que estão dentro de empregos desalinhados com os seus talentos, conquistem a liberdade para abrirem seus próprios negócios e levar prosperidade para quem estiver ao seu redor. Meu desejo é o de realocar 100% das pessoas que estão na mesma condição que eu estive há tempos atrás, ou seja, trabalhando contra a sua vontade por causa do dinheiro, sem explorar totalmente seus próprios talentos a serviço do mundo.
Despesas: R$0,00.
Receitas: R$0,00.

2. INVISTA O MÍNIMO QUE PUDER PARA ABRIR O NEGÓCIO
Quando comecei o site trazia comigo já este ideal, mas estava longe de saber como concretizá-lo. Criei um blog no Blogspot e comecei a escrever por lá. Quando comecei a obter feedback sobre o conteúdo que escrevia, senti que começava a contagiar o meu público e decidi por investir no registro de um domínio próprio e um serviço de hospedagem. Apesar de ter trabalhado com tecnologia a maior parte da minha vida, decidi por não investir muito tempo na programação do novo site, instalando nele um template padrão do WordPress com alguma personalização.
Despesas: R$30,00/ano pelo registro do domínio e R$11,00/mês pela hospedagem do site.
Receitas: R$0,00.

3. AMPLIE SEU NETWORKING
Mais importante que dinheiro, são pessoas, aliás, mais precisamente, a experiência que as pessoas lhe trazem. Quando já tinha meu próprio domínio,  comecei a conversar com diversas pessoas na internet sobre ele e as minha idéias. Esse comportamento me trouxe novas idéias e comecei a vislumbrar o que poderia fazer para rentabilizá-lo dentro do ideal que havia escolhido para ele. Assim, decidi não incorporar anúncios pagos no site e a pensar o que poderia fazer com os meus talentos para ter algum tipo de retorno financeiro. O retorno principal que um cliente dá para nós não é dinheiro, é sim, feedback. É por isso que devemos estar o mais próximo possível dos nossos clientes em potencial. Para obter feedback sobre o que estamos fazendo e nos melhorarmos a cada dia.
Despesas: R$11,00/mês pela hospedagem do site.
Receitas: R$0,00.

4. TENHA UMA CONTA ÚNICA PARA A EMPRESA
Para colocar em dados, antes de dezembro de 2009 e do lançamento do meu primeiro e-book, os rendimentos diretos do site eram nulos, pois ele só trazia vendas indiretas para a minha empresa de internet. Em 2009 comecei a vender este primeiro e-book no site e comecei a faturar cerca de dez vezes mais do que gastava. Isto estava começando a me cheirar bem, quando decidi ter uma conta bancária única para o projeto e não fazer qualquer investimento da minha conta pessoal. Esse foi o pulo do gato, pois a conta  estava zerada e era preciso faturar para manter o projeto rodando, como acontece com qualquer empresa recém estabelecida.
Despesas: R$11,00/mês pela hospedagem do site.
Receitas: R$100,00/mês pela venda de e-books e um novo projeto por mês.

5. AUMENTE O TICKET MÉDIO DE COMPRA COM NOVOS PRODUTOS
Se meus clientes já haviam comprado meus produtos no passado, ouvindo-os e criando novos produtos para as suas necessidades, eles certamente comprariam mais, aumentando por conseguinte o ticket médio de compra na loja. Foi assim que criei o e-book e o lancei para compra conjunta com meus outros produtos aumentando as compras normalmente de R$14,90 para R$17,90, ou seja, R$3,00 por cada compra. Se antes eu tinha 50 pessoas comprando os meus produtos, poderia agora continuar com estes mesmos clientes e aumentar as minhas vendas totais em R$150,00. Foi o que passou a acontecer e me motivou a hoje estar criando novos produtos para atender as requisições dos vários clientes em todo esse tempo que estou tocando este negócio.
Despesas: R$11,00/mês pela hospedagem do site.
Receitas: R$300,00/mês pela venda de e-books e um a dois novos projetos por mês.

 

CONCLUSÃO: SEJA CRIATIVO, PACIENTE E CONSTANTE
Use a criatividade para driblar as dificuldades do seu dia-a-dia, sendo paciente para fazer seu trabalho com constância e esperar os seus resultados. Além disso, fale menos e ouça mais os seus clientes, aprenda com o seu mercado e não utilize como desculpa a falta de dinheiro. Se você tem pouco dinheiro, é porque precisa aprender a lição de empreender com o pouco que tem. Apesar de eu já ter montado a empresa sem dinheiro, resolvi montar todos os meus negócios (após esse) sem ou com pouquíssimo dinheiro  para você que pensa em empreender. Apesar de eu ter talento e competência na área de tecnologia, o que me facilita bastante já que não preciso pagar a um técnico construir algo na internet para mim, os recursos que utilizei no início deste site foram gratuitos e super fáceis de usar. Você terá que se esforçar, já deve saber isso, mas para ganhar um milhão, antes você precisa ganhar R$1.000 e é com o foco nisso que você deve trabalhar a partir de amanhã no seu novo negócio.

2 comments

  1. Gostei das dicas!

    Eu também cometia esse pecado que você enunciou de querer logo chegar ao topo sem passar pelos primeiros degraus da escada rumo ao sucesso.

    A Jornada rumo ao sucesso é como subir degraus de uma escada.

    É Preciso dar 1 passo de cada vez até chegar ao topo.

    Assim que se alcança o sucesso.

    Abração!

  2. Otimo procedimento d como criar uma empresas, mas e muito dificil de ser realizado na pratica. Parabens.

Leave a Reply